Postagens

Mostrando postagens de Outubro 24, 2010

o livro negro dos eua, capitulo 2 - al shifa

Quando os americanos atacaram a fábrica de medicamentos, em Cartum, capital do Sudão, em retaliação aos atentados às embaixadas americanas no Quênia e Tanzânia, parecia ao mundo a busca por justiça. O que não ficou claro foi porque de tantas mentiras para encobrir erros primários, que envolviam vidas, tanto as que poderiam estar no local, quanto as que se beneficiavam dos remédios para malária que aquela unidade fabricava. O governo americano, através do presidente Bill Clinton, disse aos meios de comunicação que tinham provas incontestáveis da fabricação de gás dos nervos naquele lugar, a mesma certeza que W. Bush tinha que o Iraque mantinha arsenais de armas químicas.
Na década de 1960, os EUA desenvolveram um composto químico chamado de gás dos nervos, que seria utilizado em mais uma das suas matanças sem necessidade, no Camboja, durante a guerra do Vietnã. O material era tão perverso que uma gota mataria um ser humano em minutos, mas como isso foi inventado pelos americanos, ning…